Apesar de fazer parte das nossas origens, são poucas as pessoas que já tiveram algum contato com os indígenas. Conhecer uma aldeia indígena, infelizmente ainda não está entre os principais programas ou destino turístico da maioria dos brasileiros. Mas, para mim, essa é uma experiência inesquecível e de muito aprendizado.

Uma das possibilidades de passeio do hotel na selva é visitar uma aldeia indígena. Eu já o tinha feito em 2016, quando ainda morava na França e estava cheia de saudades do nosso Brasil. Estava em um momento de ansiedade para conhecer mais da nossa cultura, dos nossos lugares, de tudo que os gringos me contavam e eu, como brasileira, ainda não conhecia. Por isso, resolvi repetir a visita.

Conhecendo a aldeia indígena na Amazônia

Ao se hospedar no hotel na selva, uma das possibilidades de passeio é visitar a aldeia indígena. Só para ressaltar que, apesar deles oferecerem a visita, a visita em si não está incluída no pacote e é preciso pagar R$ 25,00, algo que acho que vale muito a pena. Mas, se você for fazer esse passeio partindo de Manaus, como eu fiz na primeira vez, também é possível fazer a visita à aldeia indígena sem pagar essa taxa, o passeio ainda inclui a visita à vitória-régia, interação com os botos cor de rosa e o tão famoso encontro das águas.

Apesar de não ser a minha primeira vez conhecendo uma tribo, eu estava bem animada. Uma das vantagens de fazê-lo a partir do hotel na selva é porque tinham apenas 5 pessoas no grupo. Ou seja, muito mais tranquilo todo o percurso e a visita em si.

Como é a visita na tribo indígena

Pare e pense, quais são as informações que você tem sobre as tribos indígenas? Penso que muito pouca, né? Quando vemos é algo no jornal e nem sempre boas notícias. Mas, é tudo bem diferente do que pensamos.

Apesar de falarem português e de terem contato com a sociedade urbana, ainda há muita coisa preservada da aldeia indígena. A verdade é que até os 3/4 anos de idade, os índios aprendem apenas a língua da tribo. Só quando vão para escola, que é obrigatório de acordo com a constituição, é que são alfabetizados em português, algo que já transforma completamente a realidade.

visita a aldeia indígena em manaus

Durante a visita, somos convidados a conhecer a realidade e um pouco do cotidiano da aldeia indígena. Isso significa assistir a um ritual de evocação aos deuses da tribo, ter a oportunidade de receber uma pintura corporal típica deles e conversar com as pessoas que moram ali. Além disso, podemos conhecer a culinária da aldeia indígena e ver os seus pratos típicos como, por exemplo, farofa de peixe, peixe frito e formiga assada, isso mesmo, FORMIGA! Parece pipoquinha, uma delícia kkkk é sério! como é só a gente, temos tempo de explorar muito ao redor da tribo.

alimentos indigenas

O nosso guia, o Fàbio aproveitou que estavamos com muito tempo e nos mostrou como é que eles colhem a castanha do Brasil que pra eles não é castanha do Pará, (existe uma rixa entre AM e PA kkkk) comemos a castanha fresquinha “do pé”, pra minha surpresa além delas serem achadas dentro de um coco, elas ainda tem uma casca grossa. Eu nunca tinha visto 🙂

castanha do brasil

As visitas turísticas às aldeias indígenas são muito importantes para que elas se mantenham e se sustentem. Mesmo produzindo praticamente tudo que comem, parte rendimento destas famílias vêm do turismo e da venda dos artesanatos produzidos por eles. Ah, e quando eles fazem a pintura corporal, pedem também uma contribuição simbólica, que também faz toda diferença na receita da família.

aldeia indígena em manaus

Como eu disse no início do texto, conhecer uma aldeia indígena não está no topo da lista de programas turístico, o que é uma pena. Foi o fato de estar na França que me fez querer conhecer este lugar pela primeira vez e entender um pouco mais das nossas origens. E posso dizer, vale muito a pena e recomendo demais <3

Pensando em conhecer a Amazônia? Veja como é se hospedar na selva e descubra as opções de passeio por lá

Organize melhor sua viagem 
Já reservou o seu Hotel? Eu sempre uso o Booking, melhor site para reserva e com opções em todos os lugares do mundo! 
Adquirindo esses serviços por esses links no blog é a sua forma de retribuir a mim todo o conteúdo sincero e gratuito que você acha por aqui :) 
não vai te custar nada a mais e vai me ajudar a continuar a investir meu tempo em te ajudar a planejar suas viagens!
Esse passeio foi à convite da agência de turismo Olímpio Carneiro – Turismo no Amazonas

Assine a nossa newsletter

Recebe aí as novidades no teu email e ajuda o blog a crescer

Não irei dar, trocar ou vender o seu endereço de e-mail, ta? É confidencial, prometo!

Compartilhar:
Escrito por rebecca
Ex- futura arquiteta, antiga Diretora de Arte e Mídia, atual Analista de Marketing Digital e para sempre Nômade.