Quando eu estava planejando a minha viagem para Manaus e a hospedagem na selva, imaginava que as atividades por lá seriam todas focadas apenas na natureza e nos animais. Para a minha surpresa, descobri que existia um passeio por um hotel abandonado na Amazônia. E eu não estou falando de um hotel qualquer não, mas sim de um dos maiores e mais luxuosos hotéis de selva do mundo que faliu em 2014.

Talvez você já tenha ouvido falar desta história de um hotel abandonado na Amazônia, até porque já rolou matéria no fantástico e outros programas sobre o ocorrido. O Ariaú Amazon Towers funcionou dos anos 80 até 2014, ou seja, estava aberto até há pouquíssimo tempo e é exatamente isso que faz deste passeio algo bastante curioso.

Ariaú Amazon Towers: o hotel abandonado na Amazônia

Antes de falar de como funciona o passeio, acho que vale muito a pena contar um pouquinho da história desse que foi o maior hotel na selva do Brasil. O Ariaú (o site ainda ta lá firme e forte e da pra gente ter uma ideia de como ele era incrível) viu a sua primeira torre pronta em 1986, quando a ideia de fazer um turismo de luxo na Amazônia ainda parecia algo impossível.

Foto: Reprodução

A medida que foi se tornando conhecido, o empreendimento foi aumentando a sua quantidade de quartos e extensão das passarelas que, no total chegaram aos 8 quilômetros onde os hóspedes podiam se locomover com carrinhos de golf! Θ Além dos quartos, o Ariaú tornou-se conhecido por uma oferta de hospedagem muito especial: a chamada “Casa do Tarzan” que era, nada mais nada menos, do que uma casa construído no meio de um mogno com mais de 22 metros de altura.

Durante os seus anos áureos, o hotel na selva recebeu hóspedes ilustres como, por exemplo, Arnold Schwarzenegger, Alanis Morisette, Bill Gates, o Rei Juan Carlos da Espanha e muitas outras celebridades. Além disso, foi o cenário daquele filme maravilhoso, só que não kkkk, chamado Anaconda.

Daí você deve tá se perguntando, mas, como que ele deixou de ser um hotel de luxo e virou apenas um hotel abandonado na Amazônia? TENSO.

De acordo com o guia do passeio, foram vários os motivos: multas do Ibama, irregularidades trabalhistas e o valor de custo que era altíssimo, era um projeto megalomaníaco. Porém que deu certo por vários anos… dizem que depois que o dono se afastou as coisas começaram a desandar demais… uma tristeza. Pois empregava vários ribeirinhos da região direta e indiretamente.

Mas e o passeio?

O passeio pelo hotel abandonado na Amazônia

Como qualquer passeio pela floresta, para chegar ao hotel abandonado é preciso ir de barco. E, não estou falando de uma embarcação de luxo e puro conforto, hahaha! Muito pelo contrário. O passeio é feito em algo semelhante a uma canoa e sem nenhum tipo de cobertura e bundinha na madeira. Ou seja, primeira dica: muito protetor solar e litros e mais litros de água.

hotel abandonado amazonas

O passeio pelo hotel abandonado na Amazônia leva aproximadamente 4 horas. Porém, na ida vamos parando e observando alguns animais. Aliás, isso aconteceu por causa do guia que eu tive, o Fábio. O homem tem o olhar apurado para encontrar animais em tudo quanto é lado. Durante o percurso ele viu uma preguiça no alto de uma árvore, uma iguana e muitos macacos. Era realmente impressionante ver como ele conseguia avistar de longe estes animais. Uma história triste é que os macaquinhos que vivem ao redor do hotel foram “criados” recebendo comida na mão dos hóspedes do hotel então quando chegamos perto com algum tipo de alimento eles vão pertinho da gente e pegam a comida… praticamente muitos se alimentam graças às visitas dos turistas que vão conhecer o hotel abandonado 🙁

hoabandonado na Amazônia

O Fábio e seu olho mágico para achar preguiças no alto das árvores

hotel abandonado na Amazônia

existiam apartamentos que ficavam no topo das árvores, já pensou?

Depois deste safári, chegamos a área do hotel que é realmente muito grande. É claro que a gente não pode sair do barco e ir no hotel. Pois, além de ser uma propriedade privada, tem várias torres e passarelas que estão simplesmente desabando. Então, apesar de ser algo interessante de ser visto, não posso dizer que conhecer o hotel abandonado na Amazônia seja algo imperdível ou que eu tenha feito meu Deuuus que incrível! Fiquei mais curiosa com as histórias e como um cara concebeu um projeto tão grande no meio do nada. Sem contar que a volta foi bem pesada, pois o trajeto leva 1h30 e, ao contrário da ida, não paramos nenhum minuto. Consequência? Muito sol na lomba e uma baita de uma desidratação que tive, mesmo tendo levado muita água.

hotel abandonado na Amazônia

Conhecer o hotel abandonado na Amazônia é interessante. Mas, a verdade é que a parte mais interessante é o trajeto da ida, quando fomos parando para ver os animais no caminho – o guia faz total diferença nesta hora – no meio do seu habitat natural! Aliás, acho que isso é o mais legal de se hospedar na selva, é o fato de poder ver e sentir uma pequena amostra da imensidão que é a Floresta Amazônica.

hotel abandonado na Amazônia

pra alivar o calor eu molhava a toalha no rio e jogava água em mim kkkkk

Antes que me entendam mal, eu não estou falando que o passeio do hotel abandonado seja algo ruim. Mas, se você não tiver muito tempo, eu sugiro que não o tenha como prioridade, beleza?

Quer saber mais sobre os meus dias no hotel na selva? Então, clique aqui!

Organize melhor sua viagem 
Já reservou o seu Hotel? Eu sempre uso o Booking, melhor site para reserva e com opções em todos os lugares do mundo! 
Adquirindo esses serviços por esses links no blog é a sua forma de retribuir a mim todo o conteúdo sincero e gratuito que você acha por aqui :) não vai te custar nada a mais e vai me ajudar a continuar a investir meu tempo em te ajudar a planejar suas viagens!
Passagens para Manaus
Passagens aéreas saindo de

Assine a nossa newsletter

Recebe aí as novidades no teu email e ajuda o blog a crescer

Não irei dar, trocar ou vender o seu endereço de e-mail, ta? É confidencial, prometo!

Compartilhar: