budapeste vamo comigo

Ano passado, na minha despedida de vida europeia resolvi que iria tirar 1 semana de “férias” antes de ir embora pro Brasil mas na verdade se transformou em uma presente incrível que a vida me trouxe, virei uma nômade digital 🙂 A agência que eu trabalhava em Paris mudou meu contrato para trabalho remoto ou seja: comecei a viajar e trabalhar de onde estivesse ♥ Com esse presente nas mãos, eu tive parar um dia pra trabalhar num café, que sacrifício né? haha mas passei 2 dias passeando nessa cidade maravilhosa!

Dia 1

Budapeste tem duas vantagens: é barata demais e a maioria das coisas lindas é gratuita. Como falei no post passado, fiquei na casa de Renan, meu amigo de colégio, e assim que cheguei lá fomos visitar uma feira de natal que tava rolando e tomar um vinho quente (só pra ganhar um copinho com nome Hungary hahaha). Dica: na catedral principal de Budapeste a cada hora tem um show de luzes refletidas na igreja, vale a pena da uma paradinha pra assistir! Inclusive pra quem ta indo pra Europa na época de Natal, essas feiras são bem tradicionais nas cidades Européias e vale a pena o rolé! Procurem na cidade mais próxima 🙂

Budapeste

Renan mora em Pest, então começamos o passeio por esse lado da cidade no dia seguinte. A primeira parada foi na estação de trem Nyugati Pályaudvar, que é bem bonita. De lá, a pé mesmo fomos em direção ao parlamento Húngaro, que pra mim é um dos prédios mais lindos que já vi na vida… inclusive só fui pra Budapeste pra ver esse prédio haha No caminho, claro, o Rio Danúbio. Budapeste seria candidata a sede olímpica de 2024 e estava toda enfeitada mas o prefeito da cidade retirou a candidatura depois que se deparou com o descaso que o COI deixou o Rio de Janeiro…. eita nóis haha Mas tava um dia bem frio mas um sol maravilhoso.

Budapeste

O rio Danúbio é lindo mas a vista que ele tem do outro lado do Rio pra mim é a mais espetacular, porque da pra ver todo o Parlamento, mas a gente chega lá.. calmaê.  É possível a visitação no parlamento, eu não fui por motivos de: não tava afim. Mas quem tem interesse, o passeio custa cerca de 17 euros (achei meio salgado) e se por fora é essa beleza por dentro não deve decepcionar. O prédio que demorou 70 anos pra ficar pronto :O Pra quem como eu curte comprar tudo online pra poupar tempo e filas, o site pra comprar os ingressos é o Jegymester e tem tour em 8 idiomas diferentes. Na frente tem a praça dos heróis onde a gente viu a troca da guarda, por sorte.

Budapeste

Logo ali, quase em frente ao parlamento (uns 300 metros), nas margens do Rio existe um memorial aos judeus mortos na época da Segunda Guerra Mundial, o Shoes on the Danube. A história por trás desse memorial é o mais chocante, ele representa os sapatos deixados para trás, uma vez que os judeus foram obrigados a tirar a roupa antes de serem fuzilados pelas costas à beira do Danúbio, seus corpos caíram no rio e foram levados pela correnteza :O Meu Deus… é possível achar homenagens aos judeus pela cidade.

Budapeste

Em pest também fica o mercado central, ótimo pra comprar os souvenirs e também pra comer. Existe uma infinidade de restaurantes lá e eu tinha observado que a galera comia uma espécie de cone com uns troço dentro e decidi que queria também! 🙂 Eu não sei o nome,  mas habemus imagens! O prédio também é bem bonito viu? Na segunda guerra ele praticamente foi destruído, incrível como eles conseguiram restaurar. Coma e de uma volta por lá.

Budapeste

Outro lugar pra ir em Pest é Basílica de Santo Estevão. Além da cidade ser linda e gratuita pra entrar, podemos subir na topo (esse é pago) e ver a cidade por completo… Subimos quase no fim da tarde,  o pôr do sol do lado peste é sensacional hein? fica a dica. Ah, também tem a  Ópera Nacional da Hungria que Renan falou que eu deveria muito ir, mas nem fui haha eu queria curtir mais os exteriores sabe? mentira, eu piranguei pagar o ingresso hihi  fim do dia 1

Budapeste

Dia 2

No segundo dia atravessamos o Danúbio pela ponte das correntes, para visitar Buda. Essa ponte é a mais famosa da cidade, porém eu achei a ponte da liberdade bem mais bonita, verdona, toda de ferro… lindona 🙂

Budapeste

Ponte das correntes

Budapeste

Ponte da Liberdade

Euzinha achei Buda mais legal porque tem a vista pro parlamento haha Mas lá tem uns lugares bem legais também. A visita começou pela  Citadella, onde fica o Monumento à Liberdade construido em homenagem aos soldados soviéticos, fomos de ônibus e a entrada é gratuita. A estátua serve apenas pra chamar atenção por que o que rouba nossos corações é a vista de lá de cima. O Danúbio as pontes, o parlamento… ♥

Budapeste

Lá em cima também tem o Palácio Real, que não me encantou tanto não apesar de ser bem bonito.  Do outro lado (tem que andar um pouco) tem o Fisherman’s Bastion que eu gostei mais, parece algo meio medieval, sei la… a Igreja Matias tem um telhado todo colorido que é lindo demais… a praça em si é maravilhosa e claro, tem vista pro imponente Parlamento, fiquei apaixonada por esse local, fala sério.

Budapeste

Palácio Real

 

BudapesteBudapeste

Fisherman’s Bastion – subindo nesse castelinho tem uma vista incrível de peste

É possível subir pra Buda num bondinho também, mas nada como um guia local pra levar a gente de busão com a comunidade húngara faz todos os dias né haha descemos a pé e nessa descida tem uma igreja de pedra que é linda! Se chama Sziklatemplom e a entrada é gratuita.

Budapeste

Fim do dia, além do por do sol que abriu esse post, deu pra ver Budapeste a noite e não tem nehuma hora que essa cidade não seja linda demais!! ah, quer um bar legal pra finalizar o passeio? vai tomar um vinho no Sky note bar, o ladinho da Igreja principal (a mesma do mercado de natal), rooftop do Hotel Aria. Só informar que vai no bar e subir 🙂

Budapeste

Não quer finalizar o dia com uma taça de vinho? ainda da tomar um banho na Termas Szechenyi. Budapeste é muito famosa por estes banhos termais, e os ingressos depende do que você vai fazer lá pois eles oferecem serviços de spa, cabines privadas e claro, as piscinas 🙂 É um complexo enorme que eu não tive tempo de ir, mas quando voltar em Budapeste com certeza vou incluir no meu roteiro. Mesmo sendo inverno a piscina estava lotada porque a temperatura varia entre 28-38 graus ♥ Quem se interessar achei esse post bem detalhado sobre o passo a passo de como visitar as termas.

Budapeste

Achou pouco o banho nas termas? vamo patina no lago que fica bem do ladinho! 🙂

Budapeste

Ufa!! quanta coisa hein? sem correria da pra fazer isso em 3 dias. Mas o meuterceiro dia eu tirei pra ter o meu primeiro dia de trabalho remoto então não fiz grandes coisas além de trabalhar. Mas foi poético sair de casa com o laptop na mochila, sentar num café, trabalhar vendo as pessoas passando e depois sair andando sem rumo pela cidade que me encantou. Parei em uma das pontes nas margens do Rio Danúbio e sorri… eita mulher sortuda da gota serena! 😀 Fiquei tão inspirada que escrevi esse texto aqui  :~)

Budapeste

Dica premium: o cartão de transporte que que a gente compra pra pegar metro etc serve também pra dar um rolé de barco pelo Danúbio, ta incluso no preço 🙂

Sem mais, fica aqui a minha contribuição de uma das cidades mais fantásticas que conheci.

[ppromo_passagens destination=”BUD” limit=”3″ header_text=”Passagens para Budapeste” tags=”post Budapeste” /]

Assine a nossa newsletter

Recebe aí as novidades no teu email e ajuda o blog a crescer

I agree to have my personal information transfered to MailChimp ( more information )

Não irei dar, trocar ou vender o seu endereço de e-mail, ta? É confidencial, prometo!

Compartilhar:
Escrito por rebecca
Ex- futura arquiteta, antiga Diretora de Arte e Mídia, atual Analista de Marketing Digital e para sempre Nômade.