praia dos carneiros igrejinha

A gente tava em Porto de Galinhas comemorando o aniversário da minha mãe e tiramos um dia pra ir na Praia dos Carneiros, onde fica a igrejinha beira mar mais famosa do Brasil. Com um waze e um carro a gente chegou lá em 40 minutos, sem sofrimento pra achar o caminho e um dia de sol lindo. A Praia dos Carneiros fica a 100km ao sul de Recife, a 50km ao sul de Porto de Galinhas e faz parte do muncípio de Tamandaré, então rola um bate e volta desses lugares tranquilamente. Se você não tiver carro, da pra alugar um, ir de transfer ou busão mesmo, mas acho que ônibus seria minha última opção 🙁

Quando se chega na Praia dos Carneiros é meio difícil saber onde parar porque a estrada passa por dentro e a gente não consegue de fato ver os bares e o mar para escolher onde parar. Meu irmão que já conhecia a região um pouco acabou entrando numa placa que dizia BORA BORA Restaurante e foi certeiro, chegamos num dos pontos mais populares da Praia dos Carneiros. O local tem um terreno de estacionamento enorme e uma estrutura muito boa com banheiros, mesas, chuveiros etc. Pra estacionar custou R$30, fora o que você iria consumir no restaurante. Pelo o que eu vi os preços desse lugar são bem elevados, bem um lugar pega turista mesmo (tipo eu haha)

Chegamos lá por volta do meio dia, e logo quando a gente vai entrando no restaurante tem uma barraquinha onde vende o passeio de barco. O moço me vendeu o passeio dizendo que a gente passaria por todos os pontos turísticos de lá o que inclui a barreira de corais e a Capela de São Benedito, construída no século 18, cartão postal do lugar. Com duração de mais ou menos 3h, achei o preço bem elevado também, R$50 por pessoa. Achei caro porque os passeios de barco que já fiz no mesmo perfil nunca ultrapassaram R$35, mas beleza… eu tava bem no clima, tava com preguiça de procurar outra empresa, vamo que vamo. Porém, fiquem espertos… a gente chegou meio tarde lá e por isso a maré estava mudando, isso não foi informado pra gente quando compramos o passeio e resultado: o passeio não parou na barreira de corais nem muito menos na igrejinha #decepcionada então perguntem antes sobre a maré porque isso vai depender se o barco consegue ou não parar nesses lugares. Eu li por aí que existe lanchas que fazem o mesmo passeio por R$40, com menos gente e consequentemente o barco é menor então daria pra parar nesses lugares tudo. Isso que dá não pesquisar antes de viajar hahaha

o barco é bem confortável de qualquer forma

O barco que fomos tinha show ao vivo, então se você for de galera a parte principal do passeio vai ser a resenha hahaha geral cantando alto, mãozinhos pro lado e pro outro e muita cerveja. No meio da farra, os pontos turísticos. O passeio começa pelo encontro do Rio Formoso com o Rio Ariquindá, onde tem um mangue. Lá o guia turístico diz que é  de “maior jacaré do mundo” que nada mais é o formato da ilha que parece um Jacaré 😛

De lá, a gente segue pro píer de Guadalupe, praia famosa pelos banhos de argila. Segundo os guias essa argila deve ser passada na pele e tem N benefícios haha como turista vai sempre na onda dos guias, lá vai eu me lambuzar inteira de argila acreditando num milagre da natureza hahah fiquei lindissíma pintada de vermelho, pretendo repetir o look sempre que der 😛 A parte bizarra é que a argila fica dentro de baldes e a gente vai lá catar e passar o corpo, eu pensei que era um lugar aberto onda a gente tirava a própria argila do solo. Porém quem tira são os nativos que transformam a materia prima em vários produtos e essa parada é estratégica para formentar o comércio na região, o banho é grátis mas existem várias vendinhas por perto oferecendo os produtos feitos com aquela argila.

depois a gente tira tudo a espera de um milagre 😀

A última parada (para minha surpresa) foi  num grande banco de areia, que me lembrou areia vermelha em João Pessoa, porém sem muita graça. Tinha só um carrinho de espetinho lá, o banco de areia e só… aproveitei o visual pra tirar foto com a felicidade 🙂

Meia volta do barco, quando vi, ele estava passando direto da igrejinha e quase pulei no mar 🙁 perguntei se era sério que já estava acabando e ele disse que sim, não dava pra passar da barreiras de corais nem na igreja por conta do tamanho do barco e a maré #chateadíssima!!! Sorte que a igrejinha ficava uns 20minutos a pé do Bora Bora e a barreira de corais eu visitei em Porto de Galinhas 🙁

Pra completar, cheguei na igrejinha e a gopro descarregou e só se salvou essa foto hahaha só azar. Mas é isso, fiquem de olho no que o passeio de fato vai oferecer pra depois não se decepcionarem! 🙂 O passeio em si é bem legal mas se eu voltar lá eu alugaria um barco com menos gente e teria um passeio mais exclusivo, parando nos lugares de fato e passando mais tempo neles.

Tá pensando em ir pra Praia dos Carneiros e região? Como falei, da pra se hospedar em Porto de Galinhas, Tamandaré e até Recife. Recomendo utilizar o Booking, melhor site para reservas e com opções em todos os lugares do mundo, fazendo a reserva por esse link você vai estar ajudando o blog a continuar a ter conteúdo sincero e gratuito 🙂

Assine a nossa newsletter

Recebe aí as novidades no teu email e ajuda o blog a crescer

Não irei dar, trocar ou vender o seu endereço de e-mail, ta? É confidencial, prometo!

Compartilhar:
Escrito por rebecca
Ex- futura arquiteta, antiga Diretora de Arte e Mídia, atual Analista de Marketing Digital e para sempre Nômade.