Sabe aqueles acampamentos que vemos em filmes como Camping Rock e afins? São os Rowing Camp em Gyor e são um sucesso aqui na Europa, principalmente no Verão. Eles costumam ser um getaway pras famílias, que se reunem para remar e acampar por pura tradição local. É muito lindo ver famílias inteiras remando juntas, crianças, idosos e adolescentes… Como a região de Gyor é a mais cheia de rios em toda a Hungria, é para lá que correm todos os húngaros, austríacos e croatas.

Com aquele verdadeiro emaranhado de rios que desaguam no Danúbio, o que não falta é opção para se divertir por lá. Falamos aqui abaixo de nossas experiências com os rowing camps lá da Hungria, assim como dicas, direcionamentos e alguns comentários que podem te ajudar em sua viagem!

Rio do Rowing camp em Gyor

Rio do Rowing camp em Gyor

COMO CHEGAR EM GYOR
Lago próximo ao Rowing Camp em Gyor

Casas fofinhas do lado do lago da cidade

A gente chegou lá de carro, mas existem vários ônibus que saem lá de Budapeste mesmo e seguem para Gyor. Se quiser consultar, a gente recomenda super a FlixBus (embora já tenhamos tido alguns problemas viajando pra Praga). São umas boas 4 horas de viagem, então recomendamos que saia ainda pela manhã, se estiver saindo de Budapeste, como nós.

Ao chegar em Gyor, sugiro que corra para um supermercado e faça algumas comprinhas para levar à região dos acampamentos. Lá não existe absolutamente nada, apenas bosques, casas de veraneio e muitos muitos rios.

AO CHEGAR EM EM GYOR, O QUE FAZER?
Exemplo de barquinho para o Rowing Camp em Gyor

Exemplo de barquinho para o Rowing Camp em Gyor

Optamos por ir à Dunasziget (uma província da região), que é um daqueles destinos que praticamente gritam “Apenas Nativos”. Por sorte, estávamos com um grupo de amigos que nos ajudou por todo o tempo lá na cidade. Como quase ninguém falava inglês, usamos bastante a Bixby Vision (aquele app que vem instalado em Celulares da Samsung) pra nos guiar em restaurantes e coisa do tipo. Dunasziget é conhecida por ser uma tríplice fronteira entre a Hungria, Áustria e Eslováquia, e podemos encontrar pessoas de todas essas nacionalidades por lá.

A experiência de estar por lá é inegavelmente relaxante. Parece que nossos problemas simplesmente se dissolvem em pleno ar. Nós ficamos no Kiskocsma Satorozohely que é um dos centros de acampamento locais. Eles também ajudam com o aluguel de barquinhos pros rios, o que faz do pacote bem prático, ainda mais pra gente que não falava nada de Húngaro.

A EXPERIÊNCIA DE ROWING CAMP EM GYOR É CARA?
Rio calmo no Rowing Camp em Gyor

Rio calmo no Rowing Camp em Gyor

Não mesmo, principalmente se você se planejar. A única coisa que pode ser relativamente cara é a barraca de acampamento mesmo, que geralmente não temos aqui no Brasil e talvez seja necessário comprar por lá (o valor pode alcançar a casa dos R$400). Como tínhamos alguns amigos por lá, pegamos barracas emprestadas, o que fez tudo muito mais simples.

Em questão de alimentação, foi bem barato também. Um Langosz de queijo (um tipo de fritura salgada) fica algo em torno de R$4 por lá e vale uma bela refeição. Nos 7 dias que passamos em Dunasziget fazendo rowing camp, cada pessoa gastou R$150, que eram uns Ft.14.000 (em forints).

O QUE RECOMENDAMOS
Rios com Pedregulhos do Rowing Camp em Gyor

Rios com Pedregulhos do Rowing Camp em Gyor

Muita antecedência no planejamento. O verão é alta estação na Europa inteira. Os habitantes que passam o inverno trancados em casa só querem saber de festivais, rua, acampamentos e tudo o que exista no mundo exterior. O Rowing Camp em Gyor está na lista dos destinos preferidos deles. Então, para ter certeza que você terá espaço para sua barraquinha e barcos para se divertir, reserve com antecedência pelo site deles!

Lá, tente fazer remo todos os dias. Nós particularmente não conseguimos porque estávamos deveras cansados, mas nossos amigos húngaros iam simplesmente todos os dias, por vezes mais de um turno por dia. O remo noturno possibilita uns sightseeings incríveis!

A fauna húngara na região é incrivelmente vasta, então leve uma câmera carregada e à prova d’água. Um amigo nosso levou uma GoPro, mas acabou perdendo quando um de nossos barcos viraram 🙁 Nisso, perdemos a gravação da noite que houve a Lua Vermelha (além de um dos pares de minha sandália haha). Uma pena, mas ao menos é história a se contar, certo?

Aproveite para ver os castores sempre que possível! Aqui no Brasil raramente podemos ver esses bichinhos tão intrigantes, mas lá em Gyor eles vivem aos montes, já que é uma zona de proteção. Vimos vários deles, assim como cisnes selvagens, veados, libélulas furtacor… Enfim, acho que estávamos num filme da Disney e não notamos.

Leve repelentes de insetos. Essa imersão na natureza vem a um custo alto: você realmente está sozinho em meio a ela. Portanto, leve repelentes para se proteger dos mosquitos que parecem até pré-históricos nessa região. Aos aracnofóbicos (assim como eu), não precisa ter medo. Em 1 semana lá não vi nenhuma, e os nativos explicaram que lá realmente existem poucas (o que explica a alta concentração de mosquitos).

Tenha alguns forints (moeda local) em cash. Nada lá aceita cartão de crédito. Absolutamente nada. Então tenha sempre consigo uma quantia de dinheiro em cash. Levamos conosco 10.000 forints, e foi mais que suficiente para eu e meu namorado!

ANSIOSO PARA BOTAR OS TRÍCEPS PARA PUXAR O REMO?

Lá não se tem muito contato com o mundo globalizado, então se você é nômade digital como eu, ou não pode passar um dia sem internet, recomendo que procure um bom chip de telefone que te dê acesso à internet por lá. Lembre-se de levar tudo isso que citamos logo acima e não deverá passar por nenhum perrengue!

A Hungria faz parte do leste Europeu e provavelmente antes de pisar lá você irá desembarcar em outro país da União Européia para seguir viagem à Gyor. Temos um post que fala exatamente sobre o passo a passo e tudo o que deve ter em mente antes de embarcar para sua viagem! Clique aqui e tenha certeza de que tudo está em ordem, para que seu rowing camp não seja arruinado. (péssimo trocadilho) haha

Até mais!

Não esqueça seu seguro viagem! Na World Nomads o processo é todo online e você pode fazer o pedido a qualquer momento, sem burocracia nenhuma :) Clique aqui e saiba mais
Tá pensando em ir pra Hungria? Recomendo utilizar o Booking, melhor site para reservas e com opções em todos os lugares do mundo

fimdepost_vamocomigo

 

Assine a nossa newsletter

Recebe aí as novidades no teu email e ajuda o blog a crescer

I agree to have my personal information transfered to MailChimp ( more information )

Não irei dar, trocar ou vender o seu endereço de e-mail, ta? É confidencial, prometo!

Compartilhar:
Escrito por Fernanda
Colaboradora do Vamo Comigo e um pequeno gafanhoto saltitando pelo mundo.