Em Julho de 2015, parte da minha família veio passar férias no inferno europeu, vulgo verão europeu. Eu como morava na França encontrei com eles na Itália, nosso ponto de encontro era em Positano, na Costa Amalfitana.

costa-amalfitana

E preciso começar essa história falando de uma senhorinha muito doce que me hospedou no dia anterior do vôo. Como eu moro longe do aeroporto e eu voaria às 7h da manhã eu procurei um couchsurfing para passar a noite e madrugar no dia seguinte pra ir ao aeroporto de Orly. Achei a Cécile, 65 anos, cabelos vermelhos e uma hospitalidade no qual eu nunca tinha visto. Ela me tratou como sua filha, me pegou na estação de metro, me fez jantar, me reservou uma quarto muito confortável na sua casa e ainda acordou às 5:30 pra me levar ao aeroporto! Foi uma experiência na qual eu nunca vou esquecer, ela foi realmente um amor e se der vou visita-la quando for em Antony (cidade onde fica um dos aeroportos de Paris). Quem precisar de seu contato: https://www.couchsurfing.com/people/cecilganeval/ ♥ Essas coisas a gente compartilha com amor.

 MAS VOLTANDO…

Cheguei amoreeeee miooo! A Itália tem alimentado esse blog (e meu bucho) tantas vezes que eu tenho um carinho especial por esse lugar. É um povo muito parecido com a gente, que fala alto, fala com as mãos, come bem… No sul da Itália até as ruas são parecidas com o Brasil. Na saída do aeroporto de Napoli, peguei uma van pra ir pra costa Amalfitana e o caminho eu me senti na linha vermelha lá no Rio, uma lindeza! 😀 sqn. Mas olha,  pra ir pra costa você tem a opção de ir de busão, mas não aconselho muito… demora uma vida porque sai parando em tudo que é canto e no calor é sempre aquela delícia ne? Na van você paga 40€ e vai direto, com ar condicionado tinindo. Vale o investimento 🙂 mas se quiser busão mesmo, seu investimento não passa dos 15€.

Cheguei na Costa 1h e meia depois num calor de 45°C na fuça e uma ansiedade enorme de ver a galeraaaa… éramos 9 pessoas. Meu irmão, meu pai (a sensação das minhas redes sociais) e toda a familia da noiva do meu irmão. Cirino-Cavalcante’s tour. Nosso ponto de encontro foi Amalfi no qual eu não tive tempo nem de tirar uma foto na frente da igreja mas vai ai uma foto do pessoal me esperando chegar em frente dela 😀

costa-amalfitana

A igreja parece muito com as igrejas da Toscana

Assim que eu cheguei, nos chegou a informação que legal mesmo era Ravello, cidade que fica no topo da montanha e uns 20 minutos torrando dentro da van a gente chegou e lá… e não-tem-nada hahaha a gente almoçou num restaurante super legal, que o dono morou no Brasil e ficou conversando patota com a gente e fomos em um único lugar que vale a ida… Jardins de la Villa Cimbrone (clica nesse link e sente o drama) O local na verdade é um  hotel mas que você pode pagar 7€ pra visitar o jardim. Eu achei beeeem caro, se eu tivesse sozinha não entraria mas pagaram pra mim neah hahaha

costa-amalfitana

a vista la de cima

costa-amalfitana

E pronto cabou Ravello. Eu gostaria muito de ter visitado mais Amalfi, parece ser uma vilazinha mais interessante então fica uma foto do google aí procês:

amalfi-coast-1

Ah não pera!!! Tem foto de Amalfi nublada, serve? 😀

costa-amalfitana

Depois fomos para Positano de balsa. Custou 8€ o ticket e como eu tava com minha malinha, tive que pagar 1,5€ por ela. Positano foi onde fizemos base, ela parece muito com Amalfi e suas ruas são encantadoras!

costa-amalfitana

costa-amalfitana

Vista do nosso hotel <3

Próximo post vai ser so riqueza e ostentação: Passeio pela Ilha de Capri (juro, sai ainda essa semana)

arrivederci! 🙂

Assine a nossa newsletter

Recebe aí as novidades no teu email e ajuda o blog a crescer

I agree to have my personal information transfered to MailChimp ( more information )

Não irei dar, trocar ou vender o seu endereço de e-mail, ta? É confidencial, prometo!

Compartilhar:
Escrito por rebecca
Ex- futura arquiteta, antiga Diretora de Arte e Mídia, atual Analista de Marketing Digital e para sempre Nômade.