cachoeira boca da onça

Bonito tem tanta coisa MAR tanta coisa pra se fazer que eu tentei fazer um tico de cada coisa nesses 4 dias que passei por lá. O passeio da boca da onça quase não aconteceu porque a minha agência não passou pra me pegar! :O Só pra frisar aqui: evitem a agência Oce no Mato, eles são irresponsáveis demais tive problema quase todos os dias com eles 🙁 Então, depois de muito ligar e reclamar 3h depois apareceram pra me pegar e eu quase perdi a trilha mas cheguei correndo e consegui alcançar o grupo. A boca da onça é outra fazenda particular que oferece passeios e um delicioso almoço 😀 Diferente de tudo o que eu tinha feito por lá, esse passeio é feito por uma trilha que percorre 7 cachoeiras e dura mais ou menos 4 horas.

Chegando atrasada eu não precisei esperar a galera que fazia rapel para começar a trilha, eu nem sabia que eu comprar o rapel incluso no pacote (agência boa é assim mesmo haha). Mas acho que mesmo se soubesse eu não iria pagar haha (R$430,00 só o rapel) 🙁 o troço era alto demais, dizem que a mais alta do Brasil, mas a vista é espetacular.

boca-da-onça

A gente já começa a trilha dando de cara com uma escadaria enorme (descendo, graças a Deus) e logo depois a gente dá de cara com a Cachoeira da Boca da Onça, a maior do estado do Mato Grosso do Sul e pra mim a mais linda da trilha. O guia me falou que ela estava seca por conta da estiagem mas mesmo assim ainda continuava linda demais, a gente pode tomar um banho numa área reservada porque de vez em quando cai uma pedra lá de cima :S

boca-da-onça

boca-da-onça

Mais a frente, tem a praia da boca da onça que é onde da de fato pra nadar sem perigo de receber uma pedrada na fuça 🙂

boca-da-onça

Daí pra frente a gente começa a andar mais que tomar banho em cachoeira mas quando a gente pensa em ficar cansado vem outro banho delícia 🙂 A água tava um pouco fria mas nada congelante. No meio do passeio tem um quiosque onde a gente pode comprar bebidas e lanches com fichinhas previamente compradas ainda na fazenda e dar uma descansada.

Tantas cachoeiras e eu não decorei o nome de quase nenhuma mas duas me encantaram demais o poço do lontra e a caverna do macaco. O poço do lontra (eu acho que é esse o nome) é um pocinho mágico com uma mini cachoeira… a luz do sol bate nele e fica bem azul, a água é bem gelada mas vale a pena o mergulho, é bem aquele papo de humanas: lava a alma.

boca-da-onça

Mais a frente tem a caverna do macaco… sério, a experiência de passar por baixo de uma caverna e dar de cara com aquele buraco é maravilhoso! Eu passaria horas ali, de preferência sozinha haha lavando a alma! Lindo demais. Lá a gente passa um tempo a mais, porque merece.

boca-da-onça

Dali pra frente não pode mais mergulhar em cachoeira nenhuma, igualmente lindas e a gente já ficando com aquele banzo pós passeio só tira foto e pergunta: ta chegando??? hahaha As 4h passaram rápidas demais e não cansei, eu poderia andar mais 4km de boas ali. As paradas que a gente vai fazendo da um descanso legal… antes de ir colocaram o terror em mim dizendo que era uma trilha mega pesada e com muita escada, que eu iria sair quebrada de lá… mas fui. E olha, sai ilesa e no outro dia respirei sem ajuda de aparelhos.

boca-da-onça

Após a trilha tem um almoço delícia com sobremesas típicas de lá e uma redinha maravilhosa pra tirar um cochilo. Pena que durou pouco tempo esse pós almoço.

Fazenda boca da onça

Chegando na pousada eu não tive tempo nem de descansar, tomei banho e fui direto visitar o projeto jibóia, um passeio cortesia que ganhei. Na verdade não é um passeio mas uma palestra onde o Henrique faz a gente acreditar que cobra é um animal dócil haha com um humor bem ácido, ele de fato tem argumentos bem convincentes que as cobras são animais tranquilos. No final ele estimula todos a tirarem uma foto com a jibóia que ele passou a palestra inteira carregando no ombro, sem medo. A bichinha ficou quietinha no meu ombro, não assustou nada e a pele dela, ao contrário que eu pensava, não é áspera… é lisinha e boa de tocar.

boca-da-onça

Vamos aos preços:

  • Passeio Boca da Onça: R$262,00 (com almoço e transporte compartilhado)
  • Projeto Jibóia: R$40

Além da boca da onça também existe o Parque da Cachoeiras que aparentemente é mais barato mas igualmente lindo 🙂

Tá pensando em ir pra Bonito? Recomendo utilizar o Booking, melhor site para reservas e com opções em todos os lugares do mundo, fazendo a reserva por esse link você vai estar ajudando o blog a continuar a ter conteúdo sincero e gratuito :)

 Veja aqui mais opções de hoteis e pousadas em Bonito 



Assine a nossa newsletter

Recebe aí as novidades no teu email e ajuda o blog a crescer

I agree to have my personal information transfered to MailChimp ( more information )

Não irei dar, trocar ou vender o seu endereço de e-mail, ta? É confidencial, prometo!

Compartilhar:
Escrito por rebecca
Ex- futura arquiteta, antiga Diretora de Arte e Mídia, atual Analista de Marketing Digital e para sempre Nômade.